Sintra – Autoridades procuram homicida de mulher no Cacém

14/07/2010 at 3:14 pm 2 comentários

13.10.2010
por Lusa

A PSP e a Policia Judiciária estão à procura do homicida de uma mulher, que na noite de segunda feira foi assassinada com seis tiros numa rua do Cacém, Sintra, disse à Lusa fonte da PSP.

As autoridades policiais suspeitam do antigo companheiro da vítima, com antecedentes de violência doméstica, e que se encontra a monte.

Segundo a mesma fonte, por volta das 21:30, depois de disparar os seis tiros, o homem terá fugido em direcção ao Casal do Cotão, na freguesia de São Marcos, local onde a PSP montou um perímetro de segurança durante a noite.

“Estivemos ontem à noite a vigiar uma residência e estamos a ver se conseguimos mais informação. Estamos a tentar encontrar o suspeito que temos referenciado”, adiantou.

Embora o suspeito tenha antecedentes de violência doméstica sobre a vítima, a PSP garante que “não havia nada que indiciasse” um homicídio.

“Nada o indiciava, mas é o principal suspeito”, afirmou a fonte da PSP.

Fonte: Diário de Notícias

Entry filed under: Noticias Nacionais, Violência Doméstica. Tags: .

Passou meio ano a ser espancada pela calada Homem pegou fogo à casa, matou mulher e suicidou-se

2 comentários Add your own

  • 1. Maria de Fátima Jacinto  |  22/07/2010 às 7:04 pm

    No próximo mês, precisamente nos dias 18, 19 e 20 de setembro, Brasília sediará o II Seminário “Protegendo às Mulheres da Violência Doméstica”. O objetivo é bem claro: capacitar e sensibilizar os operadores do direito para que possam compreender e auxiliar as mulheres vítimas de violência doméstica, através dos recursos legais existentes e vigentes no Brasil, de forma a prestarem um serviço judicial adequado, consciente de suas peculiaridades, e que sirvam como catalisadores para a fundação de uma grande rede nacional de defensores das vítimas de violência doméstica. Parece que estou falando um dialeto chamado jurisdiquês. Mas, traduzindo em miúdos, evento como este é uma importante iniciativa para proibir o avanço da violência doméstica. Uma violência que não apenas deixa marcas – físicas – em suas vítimas, mas também em sua alma, em seus sentimentos mais profundos. Se existe exame de corpo de delito para a mulher vitimizada, não existe ainda um exame de alma de delito para as seqüelas psicológicas que ficarão, para sempre, como tatuagem, na memória tanto da vítima quanto do agressor. Ah, as inscrições para o Seminário podem ser feitas em Brasília, pelo telefone (61) 3364-3594.

    Este artigo foi publicado em 29/08/06 às 0:02 e está arquivado sob Questão de Direito. Você pode acompanhar todas as respostas a este artigo através da alimentação por RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta. No momento não é possível criar um trackback.

    Responder
  • 2. Maria de Fátima Jacinto  |  22/07/2010 às 7:04 pm

    Olá:Meu nome é Maria de Fátima Jacinto (Fátima), tenho 49 anos, sou uma ex-vitima de violência doméstica, tenho três filhos, um faleceu em janeiro de 2009 em um acidente automobilístico.Até então eu era massoterapeuta, mas com a morte do Vinicius, fiquei sem condições de fazer massagens, (meu trabalho exige que estejamos com um nível energético muito bom, e não tenho conseguido manter…). A morte nos transforma muito… Assim comecei a entrar na internet, a ver como funcionava até que descobri os blogs, e resolvi fazer um, para contar as coisas que vivi, falar sobre a violência que meus filhos e eu sofremos… Assim surgiu o Uma Mulher, que hoje é um blog voltado para a conscientização de mulheres que como eu sofrem ou sofreram violência, nas mãos de um psicopata…Gostaria muito de ver meu trabalho bem divulgado, bem visto, por mulheres que procuram ajuda e não conseguem ver uma saída… Descobri que a única forma de sair de uma situação dessa é conhecer profundamente o problema, é saber que não somos as únicas, é realmente estudar o assunto… Vou deixar o link do meu blog, para que vocês possam está apreciando, e se possível me ajudando a divulgar meu trabalho.Aproveito para me colocar a inteira disposição, para prestar depoimentos, e o que mais for preciso para que outras mulheres tomem consciência da gravidade desse problema.O meu link http://araretamaumamulher.blogspot.com/
    Maria de Fátima Jacinto

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Julho 2010
M T W T F S S
« Jun   Ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: