BRASIL – Mulheres votam pela Saúde Integral

03/09/2010 at 11:23 am Deixe um comentário

A saúde das mulheres e os seus direitos sexuais e reprodutivos são um tema político de primeira grandeza, cuja garantia depende de uma sociedade democrática e organizada, com a participação das mulheres e de um estado laico sem influência religiosa. Daí porque este é um assunto para ser tratado nestas eleições, quando se decide, mais uma vez, os destinos do Brasil.

A Rede Feminista de Saúde apresenta sua plataforma para as Eleições 2010. O objetivo é abrir o diálogo político com candidatas e candidatos às eleições de 2010 e subsidiar os movimentos de mulheres e feministas para que argumentem em favor da saúde baseada no direito das mulheres à saúde integral, direitos sexuais e reprodutivos e encorajem muitas mulheres a buscar cargos legislativos e executivos.

Estas eleições devem desafiar o país para ampliar o compromisso das pessoas que tomam as decisões para que de fato assumam as políticas para equidade. O II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres deve ser executado na integralidade pela união, estados e municípios e ampliado com as importantes deliberações da II Conferência Nacional não incluídas, como a iniciativa de descriminalização do aborto, um grave problema de saúde pública no país.

O Brasil tem um dos maiores sistemas públicos de saúde do mundo, o Sistema Único de Saúde. Foi conquistado pelo povo brasileiro ao longo de muitas décadas de luta, com a participação das mulheres. A atual Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Mulheres resulta desta trajetória, que defendeu sempre a integralidade e a equidade na saúde.

Causas absolutamente evitáveis – As desigualdades de gênero, na vida privada e na vida pública, revelam-se na persistente violência, na menor remuneração no trabalho e são flagrantes na ocupação dos espaços de poder e decisão. Hoje, no Brasil, as mulheres brasileiras de todas as idades, ainda adoecem e morrem por causas absolutamente evitáveis.

Adoecem e morrem na gestação, no parto e no puerpério, porque não conseguem planejar, não desejam a gestação ou não a conseguem evitar. O sistema de saúde falha quando as mulheres mais precisam, porque suas necessidades e decisões encontram obstáculos quase intransponíves: se decidem ter filhos, a atenção é de má qualidade e difícil de obter. Se decidem interromper a gravidez, trilham o caminho da ilegalidade e do risco, porque o país restringe o direito de decidir.

Adoecem e morrem de câncer de mama e de colo de útero e outras enfermidades porque as detectam tardiamente e o tratamento chega muitas vezes quando a vida já está comprometida.
Em especial as mulheres pobres, negras, indígenas e rurais e as com menor escolaridade, são vitimadas pela negação do direito à saúde como direito humano. Estão mais vulneráveis à epidemia do HIV Aids. A violência ainda faz parte de uma entre quatro mulheres. Necessidades específicas são invisibilizadas, ficam fora do sistema de saúde. A atenção integral à saúde, como um direito de todas as pessoas a uma vida prazerosa, está longe da maioria das mulheres.

Fonte: Rede Feminista de Saúde

Entry filed under: Noticias Internacionais, Serviços de saúde. Tags: .

“Ela virou-se contra mim e eu explodi” Movimento Democrático de Mulheres na Feira da Luz 1 a 6 de Setembro de 2010 – Divulgação do Projecto Saúde da Mulher – Construir a Igualdade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Setembro 2010
M T W T F S S
« Ago   Out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: