População de Aljustrel protestou contra alterações no Centro de Saúde

14/09/2010 at 7:36 pm Deixe um comentário

Terça-feira, 14 de Setembro de 2010

Várias centenas de pessoas manifestaram-se ontem ao fim da tarde na em Aljustre contra as alterações no Serviço de Atendimento Complementar (SAC) do Centro de Saúde e exigiram a reposição do modelo de funcionamento anterior.
A concentração, promovida pela Comissão de Utentes de Saúde do Concelho de Aljustrel, juntou ao final da tarde em frente ao Centro de Saúde da vila, “cerca de 500 pessoas”, segundo a organização e o autarca local.
O SAC de Aljustrel, que funcionava diariamente das 08:00 às 20h00, passou a consulta de recurso no passado dia 01 de Julho, tendo o horário de atendimento sido reduzido para entre as 16h00 e as 20h00 de segunda a sexta feira e entre as 09h00 e as 14h00 aos fins de semana e feriados.
“A população não se conforma” e concentrou-se hoje para “manifestar o seu desagrado e inconformismo” com as alterações, que “não servem os interesses e as necessidades” de Aljustrel e traduzem “uma clara perda de direitos na assistência”, sobretudo de casos urgentes e de pessoas sem médico de família, explicou à Agência Lusa Rui Reis, da comissão de utentes.
Fora do horário das consultas de recurso em Aljustrel e com a deslocação até outros serviços de urgência, em Castro Verde ou Beja, os utentes são confrontados com “o aumento de despesas, sofrimento e perdas de tempo evitáveis para terem acesso à saúde”, lamentou Rui Reis, exigindo a reposição do funcionamento do SAC.
Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara de Aljustrel, Nelson Brito, presente na concentração, mostrou-se “solidário” com a população, referindo que “o novo modelo de consultas de recurso não está a correr bem”.
“Não têm sido dadas as respostas necessárias aos utentes, tanto ao nível de atendimentos no Centro de Saúde como nos encaminhamentos” até às unidades de saúde alternativas, em Castro Verde e Beja, porque “a rede de transportes públicos e a capacidade dos bombeiros de Aljustrel não garantem o pleno acesso dos utentes do concelho”, lamentou o autarca.

Fonte: Correio do Alentejo

Entry filed under: Serviços de saúde. Tags: .

500 mil mulheres morrem anualmente por gravidez e parto Ministra da Saúde inaugura Unidade de Cuidados Continuados de Montemor-o-Novo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Setembro 2010
M T W T F S S
« Ago   Out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: