Unidade de Radioterapia de Évora assinala um ano de tratamentos

24/09/2010 at 10:15 am Deixe um comentário

Quinta, 23 Setembro 2010 09:13

Serviço foi considerado “hospital do futuro”, mas ainda trata poucos doentes

A região Alentejo deixou, há um ano, de ser a única região da Península Ibérica desprovida de uma unidade de radioterapia passando a ser a mais bem equipada a nível da Europa. O mérito desta unidade instalada no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), E.P.E, foi recentemente reconhecido pelo Fórum Hospital do Futuro, com a atribuição do primeiro prémio na categoria de Parcerias em Saúde.

  Contudo, desde o início dos tratamentos está a tratar cerca de 85 pessoas diariamente, ficando aquém da capacidade que tem para 220 a 250 doentes. Neste sentido, o director da unidade, Pedro Chinita sublinhou ser importante que, em primeiro lugar, os alentejanos, em geral, saibam que dispõem desta unidade e dos tratamentos diferenciados que aqui são efectuados. “Temos a radioterapia externa, braquiterapia ginecológica e prostática e, a partir de Janeiro do próximo ano, a rapid ark, o mais sofisticado tratamento existente em Portugal”, anunciou.

  No entanto, não deixou de lamentar “o desconhecimento dos profissionais de saúde sobre a existência da radioterapia na cidade de Évora”, reiterando a vontade que este serviço tem de tratar mais doentes oncológicos.

Esta ideia foi reforçada pela presidente do Conselho de Administração do Hospital do Espírito de Santo de Évora, Filomena Mendes, que sustentou uma premente sensibilização e interacção dos médicos de família, dos centros de saúde e dos médicos hospitalares para conduzirem os doentes para os tratamentos que são feitos nas unidades existentes na sua área de residência. “Há quem continue a encaminhar os doentes para os grandes centros urbanos quando temos, aqui, uma unidade que prima pela qualidade”, garantiu.

O director do serviço de oncologia deste hospital, Sérgio Barroso declarou, ao “Diário do Sul”, que esta situação de não indicação da unidade de radioterapia, em Évora, pode ser justificada também pelo facto “das pessoas com tumores mais complicados que não podem ser intervencionados nos hospitais da região dirigirem-se a Lisboa, acabando por ser os médicos que as acompanham a encaminharem-nas para posteriores tratamentos também na capital”.

Esta situação leva a que a pessoa que vive no Alentejo tenha que se deslocar a Lisboa para fazer um ciclo de cerca de 25 tratamentos, o que é extremamente fatigante e desgastante, podendo ser evitado se for efectuado em Évora. Melhorar a qualidade de vida aos doentes oncológicos é “o princípio básico desta unidade de radioterapia”, afiançou o director desta unidade, Pedro Chinita, acrescentando ainda que também os encargos dispendiosos para o Serviço Nacional de Saúde são minimizados.

Esta unidade de radioterapia efectuou tratamentos a 592 doentes de toda a região desde o dia do primeiro tratamento em 15 de Setembro de 2009 e o hospital assinou um protocolo com duas unidades hoteleiras onde estas pessoas puderam ficar enquanto faziam as sessões terapêuticas, desde que residissem a mais de 80 quilómetros de Évora.

Fonte: Diário do Sul

Entry filed under: Évora, Serviços de saúde. Tags: .

Sociedade Portuguesa da Contracepção apresentada no Dia Mundial da Contracepção Manifestação da Campanha Paz Sim! NATO Não!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Setembro 2010
M T W T F S S
« Ago   Out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: