Portugal apostará em campanhas “mais expressivas” para sensibilizar população – MAI

14/10/2010 at 11:31 am Deixe um comentário

Quinta, 14 Outubro 2010 09:54

O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, defendeu a aposta na sensibilização da população para a violência doméstica e adiantou que Portugal vai apostar em campanhas “mais expressivas”.

Apontando o caso de Espanha, onde existem cartazes com imagens por vezes “chocantes”, Rui Pereira considerou que a sociedade tem que tomar consciência da gravidade do fenómeno.

Tenho visto [em Espanha] cartazes com imagens muito fortes e creio que esse é o caminho, porque o fenómeno é grave, porque atinge vítimas numa situação de vulnerabilidade”, disse.

O ministro lembrou, contudo, que Portugal deu já passos muito importantes relativamente ao fenómeno, apontando a alteração da legislação em 2000, quando o crime foi tornado público, e em 2007, quando a violência doméstica passou a ser um crime autónomo.

Rui Pereira destacou também o facto de todas as instalações novas das forças de segurança terem uma sala específica para apoio à vítima, bem como ter sido criado, no âmbito do programa Simplex, um mecanismo electrónico que permite à vítima fazer uma queixa sem ter que se deslocar às instalações das polícias.

Há muitas situações em que a denúncia pode evitar males maiores”, frisou Rui Pereira, que falava aos jornalistas, no Porto, do final da sua intervenção na sessão de abertura do seminário “A Violência Doméstica em grupos especialmente vulneráveis”, organizado pelo Comando territorial do Porto da GNR.

O comandante geral da GNR, Nelson dos Santos, afirmou que enquanto houver vítimas de violência doméstica aquela força de segurança “nunca estará satisfeita e os meios serão sempre insuficientes”. Para o responsável, a GNR tem já um número significativo de meios vocacionado para este fenómeno, contudo, “ter mais pessoas empenhadas” nesta missão seria benéfico.

O caminho que está a ser seguido é um caminho conseguido”, disse, acrescentando que “enquanto houver vítimas nunca estaremos satisfeitos e os meios serão sempre insuficientes”.

O comandante geral especificou que, actualmente, existem em cada núcleo entre três a quatro elementos, sobretudo mulheres, a trabalhar nesta área

Fonte: Diário do Sul

 

Entry filed under: Noticias Nacionais, Violência Doméstica. Tags: .

Curso de Preparação Psicoprofiláctica para o Parto (Montemor-o-Novo) 1ªs Jornadas de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Espírito Santo de Évora

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Outubro 2010
M T W T F S S
« Set   Nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: