Dia Mundial da Alimentação – Três em cada dez portugueses sofrem de malnutrição, a maioria idosos

15/10/2010 at 10:12 am Deixe um comentário

Dia Mundial da Alimentação
por LusaHoje

Três em cada dez portugueses sofrem de malnutrição e, destes, apenas 21 por cento tomam suplementos alimentares, revela um estudo que indica ainda serem os idosos os principais afectados por este problema.

O estudo nacional sobre malnutrição – nutriaction 2010 – faz um balanço dos últimos três anos em que aplicou o inquérito a farmácias, hospitais e instituições de 3ª idade para rastrear o índice de malnutrição dos portugueses, e conclui que “a malnutrição na população portuguesa permanece e medidas de prevenção não são tomadas”.

Graça Raimundo, presidente da Associação Portuguesa de Dietistas, explica que o “grupo de idosos é muito vulnerável, porque estes são os que apresentam recursos económicos mais parcos”.

“A mal nutrição acarreta graves consequências para o idoso. Desenvolve problemas, complica a evolução do processo terapêutico e aumenta o risco de mortalidade e morbilidade. Conseguimos suprir as necessidades do doente com suplementos nutricionais”, explicou.

A responsável lembra que num quadro de internamento, “o doente não está protegido quando tem alta hospitalar” o que pode conduzir a um reinternamento.

O problema da malnutrição afeta mais os idosos por diversos factores: o isolamento social em que muitas vezes vivem, motivos psicológicos, défice físico, falta de apetite (a chamada anorexia da terceira idade) e a própria dificuldade que têm muitas vezes de ir às compras.

“O ideal seria haver uma estratégia nacional de combate à desnutrição e não apenas actuação em casos pontuais”, disse, acrescentando: “quando prescrevemos suplementos, muitas vezes o doente não tem condições económicas para os comprar”.

Graça Raimundo defende uma estratégia concertada de combate ao problema elaborada por equipas multidisciplinares nos hospitais e a comparticipação dos suplementos alimentares, como acontece em Espanha.

O grupo mais vulnerável em termos de malnutrição, a seguir aos idosos, é o dos doentes oncológicos, que sofrem normalmente de uma anorexia bastante marcada, devido à dificuldade em se alimentar, agravada muitas vezes aos tratamentos a que estão sujeitos como a quimioterapia ou radioterapia, adiantou a especialista.

O estudo revela que embora em 2010 a prevalência de malnutrição seja inferior a 2008, respectivamente 30,7 por cento e 32,8 por cento, a prática aponta para menos pessoas sujeitas a uma terapêutica nutricional.

Entre os indivíduos com prevalência de malnutrição, apenas 21,5 por cento estão a receber suplementos alimentares.

Este valor é inferior aos apurados em 2009 (27,1 por cento) e, sobretudo, ao valor identificado em 2008 (53,4 por cento), o que Graça Raimundo explica com a atual conjuntura económica e social do país.

Por outro lado, 31,5 por cento dos indivíduos que sofreram perdas de peso superiores a 15 por cento recebem suplementos alimentares, um valor igualmente inferior ao verificado em 2009 (43,8 por cento) e sobretudo em 2008 (45,1 por cento).

A geografia também é representativa, já que, segundo o estudo, 32,3 por cento dos consumidores de suplementos alimentares pertencem à região de Lisboa e 8,8 por cento pertencem ao interior.

Este estudo decorreu entre os meses de Março e Junho deste ano, com o apoio da Nutricia Advanced Medical Nutrition e parcerias com a European Nutrition for Health Alliance, a Associação Portuguesa de Nutrição Entérica e Parentérica e a Associação Portuguesa de Dietistas.

Fonte: Diário de Notícias

Entry filed under: Alimentação e Saúde. Tags: .

PREPARAÇÃO PARA O PARTO – Évora Exposição – ‘Sexo… e então?’, sem tabus no Parque das Nações

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Outubro 2010
M T W T F S S
« Set   Nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: