Vende-se gente aqui

06/11/2010 at 6:45 pm Deixe um comentário

Susana Coroado (www.expresso.pt)
13:39 Sexta feira, 5 de Novembro de 2010

tráfico usa pessoas como mercadoria e despoja as vítimas dos seus direitos, negando-lhes uma existência como seres humanos(Veja o vídeo no final do texto)

Os agressores não traficam seres humanos. Traficam objectos, cuja venda ou exploração gera lucros em seu benefício, não importando se são drogas, armas ou pessoas. Se dá lucro, tanto melhor, se são seres humanos, pior para eles. São apenas mercadoria transaccionável. Uma ou várias vezes. Podem passar por diversas mãos, vários donos, diferentes locais consoante as “necessidades do mercado”.

Esta é uma das mais dramáticas características deste crime: a desumanização do outro, do seu semelhante, por parte dos traficantes. Estes não olham para as pessoas traficadas como seres iguais a eles. Ao retirar os documentos às vítimas para evitar que fujam, os traficantes negam-lhes uma existência enquanto cidadãos de plenos direitos e a protecção de que gozam enquanto tal. Mas mais do que a cidadania, não lhes é reconhecida a existência enquanto seres humanos, a capacidade de sentir e pensar, de ter sonhos, autonomia e dignidade, de manterem relações familiares e sociais. Por vezes, são mesmo ignoradas as suas necessidades fisiológicas ou médicas. Afinal, são apenas objectos.

As vítimas perdem autonomia e capacidade de decisão. Ao contrário de uma prostituta, que vende o corpo por sua livre vontade, ou de um trabalhador que, em situação precária, pode abandonar o emprego, uma vítima de tráfico não tem opções. Tem a sua vida e possivelmente a dos seus entes queridos ameaçadas, os movimentos controlados e muitas vezes encontra-se até aprisionada. Não pode decidir se fica ou se vai embora, não pode recusar o que a mandam fazer, por mais abjecto que lhe possa parecer.

O tráfico de seres humanos desumaniza as vítimas por não lhes ser admitida uma existência como indivíduos, mas desumaniza também traficantes e cúmplices, por não terem compaixão e respeito pelo seu semelhante, características igualmente fundamentais de um ser humano. Este crime é apenas mais uma expressão do lado negro de uma economia que procura o lucro máximo a custo mínimo, de um consumismo desenfreado que não pára para reflectir no seu próprio custo humano, uma sociedade de tal modo individualista que já não se revê no próximo.

Fonte: Blog do Observatório do Tráfico de Seres Humanos

Entry filed under: Tráfico Humano. Tags: .

Matou a companheira e tentou suicidar-se Beja- Tenta matar ex-mulher com ferro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Novembro 2010
M T W T F S S
« Out   Dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: