É “fundamental” que Estado continue a proporcionar consultas de planeamento familiar

31/03/2011 at 7:27 pm Deixe um comentário

31-03-2011
13h38m

A chefe de divisão de saúde reprodutiva da Direcção-Geral da Saúde considerou, esta quinta-feira, “fundamental” que “nesta altura de crise” o Estado continue a proporcionar consultas de planeamento familiar e métodos contraceptivos gratuitos ou comparticipados.

Lisa Vicente falava à Agência Lusa a propósito do relatório dos registos das Interrupções da Gravidez (IG) da DGS, referentes ao período de Janeiro a Dezembro de 2010, segundo o qual, independentemente dos motivos, foram realizados 19.436 abortos, menos que em 2009 (19.848).

De acordo com este documento, mais de 250 mulheres que interromperam a gravidez em 2010 tinham feito três ou mais abortos anteriormente e, destas, quatro já tinham abortado mais de dez vezes.

Lisa Vicente reconhece que as repetições são “um problema complexo”, mas classificou de “simplista” a sua atribuição à falta das mulheres à posterior consulta de planeamento familiar.

“Atribuir as repetições à falta na posterior consulta de planeamento familiar é uma forma simplista de ver a questão, até porque muitas mulheres já têm, nessa altura, a sua contracepção”, disse.

Para Lisa Vicente, “o que nesta área é indispensável é que as consultas e métodos contraceptivos continuem a ser gratuitos ou comparticipados”, principalmente neste “momento de contenção de gastos”.

“É importante que se continue a adquirir métodos contraceptivos para os hospitais e centros de saúde”, adiantou.

Sobre os dados do relatório — que pela primeira vez apresenta a comparação dos vários indicadores com outros países – Lisa Vicente destaca o dado de Portugal nem sequer constar nos países com mais elevada taxa de abortos.

Artigo Parcial

Fonte : Jornal de Notícias

 

Entry filed under: IVG - Aborto. Tags: .

Número de interrupções de gravidez diminuiu no ano passado e está abaixo das estimativas Portugal tem uma das mais baixas taxas de fertilidade da Europa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Março 2011
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: