Nasce outra criança na maternidade dos pobres a “A24”

09/09/2011 at 10:43 am Deixe um comentário

 

Mais um bebé nasce em plena A24. Com o encerramento da maternidade do Hospital de Chaves, o bloco de partos que fica mais próximo situa-se a cerca de 65 quilómetros, no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes em Vila Real. E como o caminho nem sempre é fácil, a A24 tornou-se conhecida com “a maternidade transmontana”.

 Desta vez foi um menino, que nasceu pouco depois das 07.30, na ambulância dos Bombeiros Voluntários de Vidago.

 E, mais uma vez, um parto ao quilómetro 28 da A24. A tarefa, mais uma vez esteve a cargo da nossa tripulação bombeiros José Pinto e Mário António (Tuta) que, no dia 3 de Junho de 2009, lá tinham realizado um outro, o seu primeiro.

 Os bombeiros foram accionados para a localidade de Loivos, onde uma grávida em fim de tempo os esperava.

 Mas, entre Vidago e o nó de saída para Pedras Salgadas, ao Km 28 Liliana Santos, de 21 anos de idade, não aguentou mais e, perante o nascimento iminente, os dois bombeiros pouco mais puderam fazer do que ajudar o bebé a ver a luz do dia. Ao mesmo tempo, estes voluntários accionaram, de imediato, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação, do Hospital de Chaves.

E assim nasceu um rapaz com 2,630 quilos. O recém-nascido e a jovem mãe foram depois transportados para o Hospital de Vila Real, com o apoio da equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Hospital de Chaves composta pelo médico Simão Pedro e pelo enfermeiro Miguel Ângelo.

 Desde o encerramento da maternidade do Hospital de Chaves, esta é já a sexta criança que nasce em ambulâncias a caminho de Vila Real.

 O nervosismo, os balanços, a falta de informação e de acompanhamento das grávidas são alguns dos motivos que contribuem para que haja crianças a nascer dentro de ambulâncias.

O ambiente próprio das ambulâncias causa nervosismo nas grávidas, o que, associado à ansiedade de chegar depressa ao hospital, faz acelerar o trabalho de parto.

 Esta já não é a primeira vez que os Bombeiros Voluntários de Vidago se deparam com situações de parto iminente. Mas o facto de voltar a nascer uma criança ao quilómetro 28, faz soltar o sorriso aos bombeiros, que, já são chamados de “parteiros do quilómetro 28”.

O recém-nascido e a mãe foram transportados para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro em Vila Real e, estão ambos bem de saúde.

 Dois bombeiros voluntários de Vidago José Pinto e Mário António (Tuta), passaram a constar do grupo cada vez maior de “bombeiros parteiros”. Pela segunda vez, o Km 28 da A24 e a sua ambulância, serviram de “sala de partos” improvisada para o nascimento de mais uma criança que resolveu vir ao mundo antes de chegar à Maternidade do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes em Vila Real.

Fonte: Bombeiros de Vidago

 

http://www.bombeirosdevidago.pt/videos/a24parto2.swf

Entry filed under: Maternidade/Parto. Tags: .

Novas restrições para a saúde anunciadas afectam a saúde sexual e reprodutiva das mulheres TVI – Grande reportagem: «O veneno nosso de cada dia»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Setembro 2011
M T W T F S S
« Ago   Out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: