NOTA DE IMPRENSA DA ASSOCIAÇÃO PARA O PLANEAMENTO DA FAMÍLIA SOBRE O DIA MUNDIAL DA CONTRACEPÇÃO

27/09/2011 at 8:22 am Deixe um comentário

26 de Setembro 2011

Comemora-se hoje em todo o mundo o Dia Mundial da Contracepção. A
invenção e divulgação dos métodos contraceptivos representam uma conquista para
a humanidade, para a vida das mulheres e homens, dos casais, dos adultos e dos
jovens.

A contracepção permite planear o momento de uma gravidez e o número de
filhos que se deseja. A contracepção permite viver a sexualidade sem o medo de
uma gravidez indesejada. Os métodos contraceptivos de barreira são também um
importante meio de prevenção das infecções sexualmente transmissíveis.

Desta forma, a contracepção é um dos instrumentos de que nos servimos,
para planear as nossas vidas e as nossas famílias, e para promover a nossa
saúde física e mental.

Em Portugal, assistimos a grandes progressos nas últimas décadas. Os
dados de 2007 revelaram que cerca de 87% das mulheres e homens que precisam de
contracepção, usam efectivamente a contracepção.

Destes, a grande maioria usa métodos modernos e seguros.

Estes progressos deveram-se à legislação e políticas seguidas e que
foram implementadas por muitos milhares de profissionais de saúde, nomeadamente
do Serviço Nacional de Saúde.

No entanto:

• Cerca de 13% não usa nenhum método contraceptivo

• Existem muitas falhas no uso da contracepção por esquecimento, uso
descontínuo, interacções medicamentosas ou deficiente adesão ao método usado

• A gravidez e a maternidade precoces continuam a ser problemas
significativos entre os jovens portugueses

•O envolvimento masculino na contracepção é muito baixo

• Devido a mitos e falta de informação, são ainda pouco usados os
métodos de longa duração.

Pode-se e deve-se melhorar a situação da saúde sexual e reprodutiva em
Portugal.

Neste Dia Mundial da Contracepção de 2011, a APF afirma que:

• É necessário reforçar o acesso fácil e rápido à contracepção em todos
os serviços e sectores de prestação de cuidados de saúde

• É muito importante que se reforce o fornecimento gratuito dos métodos
contraceptivos e que estes continuam a ser comparticipados

• É necessário que os centros de saúde reforcem a sua acção de
planeamento familiar, removam quaisquer barreiras que dificultem o acesso à
contracepção (incluindo a contracepção de emergência) e evitem as rupturas no
fornecimento dos contraceptivos

• São necessários programas e serviços que cheguem aos grupos
socialmente mais vulneráveis, e aos jovens.

• É necessário que os profissionais de saúde ajam nas situações de
risco, de forma a transformá-las em oportunidades de aprendizagem e de uso
seguro de contracepção

• É necessário melhorar a educação sexual e contraceptiva de forma a
melhorar o uso da contracepção e permitir a cada pessoa, a cada casal, a
escolha informada do melhor método a usar.

A APF foi, em 1967, a organização pioneira da contracepção em Portugal.

A APF foi e vai continuar a ser uma voz activa pressionando o Estado a
ter políticas e serviços adequados, que garantam o direito à contracepção.

A APF foi e vai continuar a ser uma organização que estuda a situação
da contracepção em Portugal e propõe, se necessário, novas medidas e políticas
inovadoras.

A APF foi e vai continuar a ser um recurso em saúde, para as
comunidades e para os profissionais e serviços que nelas intervêm.

Lisboa, 26 de Setembro de 2011

A Direcção Nacional,

APF

FEDERADA NA IPPF (INTERNATIONAL PLANNED PARENTHOOD FEDERATION)

Entry filed under: Métodos contraceptivos, Pílula. Tags: .

Profissionais de saúde preocupados com aumento da venda da pílula do dia seguinte Saúde – RTP Noticias, Vídeo -Quase metade dos jovens europeus já teve relações sexuais desprotegidas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


NOVO! Projeto Criar Mundos de Igualdade Agir e Convergir para Mudar

Fotos do Projecto Saúde da Mulher - Construir a Igualdade

Mais fotos

Objectivos do Projecto

Informar e sensibilizar a opinião pública, junto de organizações de mulheres, orgãos de comunicação social e demais entidades da sociedade civil, sobre aspectos da saúde da mulher.

Divulgação de informações sobre aspectos de saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Promoção de uma sexualidade saudável e responsável.

Promover os direitos da mulher grávida (maternidade e paternidade).

Combater a violência sexual baseada em questões de género.

Promoção de cuidados perinatais.

Promoção da educação sexual.

MDM Évora

Exposições do Movimento Democrático de Mulheres disponíveis para empréstimo

https://mdmevora.files.wordpress.com/2012/11/exposic3a7c3b5es-do-movimento-democrc3a1tico-de-mulheres-disponc3adveis-para-emprc3a9stimos.pdf

Mapa de Évora – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Arraiolos – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Mapa de Montemor-o-Novo – Apoio a vítimas de Violência Doméstica e locais onde apresentar queixa

Número Verde

Linha SOS IMIGRANTE

DVD – “De mãos dadas com o medo”

 Filme que aborda questões relacionadas com a violência no namoro e que foi realizado no âmbito do projecto “Participar, Partilhar a Igualdade”, que  foi premiado, em 2007, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade, como o melhor trabalho nesta área realizado no Distrito de Aveiro

Linha Cancro

Sexualidade em Linha

Rastreio do cancro do colo do útero no Alentejo

Linha Sida

São objectivos gerais da Coordenação Nacional da Infecção VIH/SIDA:

Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa responder às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes através do encaminhamento dos Utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas.

Financiamento

Saúde da Mulher – Mês a Mês

Setembro 2011
M T W T F S S
« Ago   Out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Facebook do Projecto Saúde da Mulher -Construir a Igualdade


%d bloggers like this: